Número de assassinatos cresce no Tocantins; mais de 90 foram registrados em quatro meses

0
13

No mesmo período do ano passado a polícia havia registrado 61 mortes violentas. Número de assassinatos já supera registros de 2021 no Tocantins
O número de mortes violentas teve aumento no Tocantins este ano. Conforme os dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP), de janeiro a abril foram registrados 92 homicídios, enquanto no mesmo período do ano passado foram 61 assassinatos. (Veja o vídeo)
Os crimes na região norte do estado também aumentaram. Do total de casos, 23 homicídios foram registrados em Araguaína.
O último crime na cidade foi um feminicídio. Magnólia Lopes Ananias, de 44 anos foi assassinada a facadas na frente dos filhos após uma discussão com o companheiro, que é o principal suspeito do crime. Ela foi atingida com golpes no tórax, nas mãos direita e esquerda. Em seguida, o homem fugiu.
Já na região central Maria Aderes de Jesus, que mora em Miracema, esteve no Instituto Médico Legal (IML) de Palmas após suspeitar que um corpo encontrado com marcas de tiros no rio Providência possa ser da filha dela. O cadáver estava em estado de decomposição e os exames vão confirmar a identidade da vítima.
“Pelas fotos e pelas tatuagens, que estava só um pedaço da flor, tem uma borboleta também. 80% [de certeza]. Não vou afirmar 100% porque pedi para fazer o exame para poder ter uma coisa exata. Mas tudo bate”, disse Maria Aderes.
O delegado Adriano Carvalho, que atua em Araguaína, informou que os crimes com armas brancas cresceram na cidade. Dos oito homicídios praticados em abril, cinco foram praticados com este tipo de arma. Ele explicou que os homicídios têm motivos diferentes.
“É diferente de um cenário que a gente vivia na cidade, de muitos homicídios relacionados a organizações criminosas, facções. Estes estão mais no controle da polícia, atualmente, só que esses demais crimes com as causas muito espalhadas acaba que, na parte da Polícia Civil, nos cumpre instaurar os inquéritos policiais para proceder a investigações e as prisões destas pessoas”, disse o delegado.
Número de assassinatos cresce no Tocantins
Reprodução/TV Anhanguera
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins