Secretaria de Estado da Saúde publica edital para cadastro de profissionais disponíveis a trabalhar no enfrentamento à Covid-19

0
11

Banco de dados será usado em contratações futuras mediante necessidade da pasta

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou no Diário Oficial do Estado, nº 5.605, publicado na quarta-feira, 20, o Edital 3/2020/SES/GASEC, com chamamento público para cadastramento de profissionais de saúde, a fim de preencher postos de trabalhos para a prestação de serviço no combate ao novo Coronavírus (COVID-19), no Tocantins.

A convocação é regida pela Lei Nº 3.422 (8/3/19) e tem como objetivo “a criação de um banco de dados de profissionais da saúde, e gera apenas a expectativa de direito à contratação ficando a concretização desse ato, condicionada à exclusiva necessidade, oportunidade e conveniência da SES”, diz o documento.

Os profissionais que vierem a ser chamados a partir do cadastro serão contratados temporariamente, por 90 dias.

Segundo o titular da SES, Dr. Edgar Tollini “as vagas serão preenchidas à medida que houver necessidade, de acordo com o estado de calamidade ao qual nos encontramos.  O nosso propósito é já termos uma dimensão da quantidade de profissionais que temos, em todas as especialidades e assim, otimizar o tempo no processo de contratação”, destacou.

São contemplados no edital, profissionais de níveis superior e técnico, da área de saúde, que ao serem selecionados, serão convocados para trabalharem, inicialmente, nos Hospitais de Referência do Estado, podendo de acordo com a necessidade, serem realocados para os demais serviços de referência de enfrentamento à crise que pertençam à rede Estadual de saúde.

Inscrições

Interessados podem se inscrever exclusivamente via internet por meio do seguinte link: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario. php?id_aplicacao=56873, até as 23h59, do dia 29 de maio de 2020.

Cargos e remunerações

As vagas são para assistentes sociais, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, médicos, nutricionistas, psicólogos e técnicos de enfermagens. Todos os contratados deverão seguir cargas horárias que variam de 30 a 40 horas semanais e remunerações que vão de R$ 1.256,76 a R$ 10.276,00, de acordo com a especialidade.

 

Por: Aldenes Lima/Governo do Tocantins